É um saber direcionado a observação dos movimentos em nosso sistema solar aplicado ao comportamento humano e aos acontecimentos terrestres.

 

Principio da Correspondência – “Assim encima como abaixo”.

 

” – A passagem de um astro no céu pode refletir um estado de ânimo em uma pessoa ou em um acontecimento na Terra.”

 

Ela sabe que o SOL é o centro do universo, mas observa e interpreta o movimento dos planetas no sistema solar através da Terra, por isso seu estudo é denominado geocêntrico e não

 

O Mapa Astral é um manual ou GPS da vida de um indivíduo, contém todas as informações sobre temperamento, predisposição ou intenção em viver certas relações e experiências da vida.

 

Um manual serve para cortar caminhos, ensina a fazer um bom uso e a agir de forma ativa na vida.

 

Afinal, se você sabe que tem desafios ou viverá um tempo assim, poderá escolher o melhor caminho para lidar com isso.

 

O caminho desse estudo passou pela crença, onde era necessário e ainda é para alguns, acreditar primeiro e só então se aprofundar em seus estudos.
Mas como você pode crer no que não conhece? Essa é uma questão que me deixa encucada.

 

A questão é que estudar Astrologia requer um pulo no desconhecido e nem todos estão preparados para isso.

 

 “Diante do desconhecido o homem toma duas posições – adoração ou fuga”

 

Por ter seu inicio em caráter profético e chegar ao Ocidente fundida a religiões, muitos ainda se relacionam com ela no amor ou ódio, no tudo ou nada.

 

Ainda existe resquício desse encontro, porém, ela já anda com pernas mais livres do que antigamente.

 

Com a chegada da Psicologia, inclusive com os estudos do Psicólogo Carl Gustav Jung sobre o inconsciente individual e o inconsciente coletivo, a astrologia tomou uma forma mais individual e um caminho maior para o autoconhecimento.

 

Isso porque os arquétipos descritos por Jung puderam trazer maior consciência sobre os anseios e necessidades por detrás do comportamento/temperamento de um individuo.

 

A partir dai o mapa passou a ser um manual, um guia de orientação para um bom funcionamento do ser.

 

O processo de autoconhecimento leva o homem a entrar em contato com seu inconsciente, com a repetição de padrões de comportamento e com a influência do ambiente e do seu sistema familiar e social.

 

Isso o faz despertar-se para suas escolhas e possibilita que ele se torne autor de sua própria história.

 

A Astrologia ainda não é considerada Ciência e pode ser que não seja, apesar de desejo e empenho de alguns;

 

A questão é que independente disso ela é um conhecimento milenar que tem foco no desenvolvimento da consciência individual.

 

É regida por Urano, primeiro planeta invisível a olho nu que aponta a  existência de algo além do alcance de nossos sentidos.

 

Depois de Urano, ainda foram descobertos no nosso Sistema Solar Netuno, Plutão e agora Ceres…

 

Ou seja, há bem mais coisa aí do que a gente vê e alcança, mas estamos aí, aprendendo, ampliando e há tempo, se não nos prendermos a preconceitos, é claro!

Aquário, signo regido por Urano fala sobre o Eu dentro do Coletivo, do Sistema e apresenta através da Astrologia a consciência do ser único que você é e da sua contribuição para a progressão do TODO.

 

A mensagem aí é que evoluir é a meta e o caminho é a consciência.

 

Portanto, Astrologia é um caminho de volta para casa, para si.

 

“Todos nasceram para um propósito ou destino individual e dentro disso existe uma bagagem com desafios e talentos inseridos.”